Uma visita a Lisboa reserva-lhe um número quase infindável de atividades para desfrutar e de locais para visitar! Achamos mesmo que descobrirá que não terá tempo que chegue para ver tudo o que deseja na cidade . Dito isto, não hesite em investir parte de um dia de férias na majestade da zona de Belém.

Situada a cerca de 6 km do centro histórico de Lisboa – que tem o Chiado, Rossio ou a Praça do Comércio – Belém é uma zona que não está acessível pelo normalmente-fiável Metro de Lisboa. Isto significa que para lá chegar terá de optar por ir de carro, táxi, comboio ou apanhar a nossa sugestão favorita: o elétrico. Os históricos elétricos de Lisboa têm horários regulares de/para Belém, conseguindo oferecer uma viagem visualmente rica, memorável e — sem dúvida — fotogénica! Avisamos já que vai demorar um pouco mais do que nos restantes transportes, mas vale a pena.

Quando chegar, encontrará uma área predominantemente verde e repleta de monumentos, com vistas panorâmicas sobre o rio Tejo. Da área do parque central, poderá ver o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém — esta última é componente quase obrigatória em todos os vídeos de turismo já feitos sobre Portugal — com o Centro Cultural de Belém visível no horizonte.

Belém também é a casa da mundialmente conhecida Fábrica dos Pastéis de Belém. Semelhantes ao famoso pastel de nata, estas pecaminosas guloseimas têm um sabor e uma composição bem distintas e, acima de tudo, secretas! E quando dizemos “secretas”, acreditem que é isso mesmo que queremos dizer! Quem confecciona estas delícias está  sujeito a um acordo de confidencialidade e sigilo rigoroso, de modo a que a receita original nunca chegue ao conhecimento público

As filas para este local histórico são longas, mas valem a pena, quer queira levar pastéis consigo, ou deseje ver o interior repleto de azulejos tradicionais Portugueses. A nossa sugestão é que peça os seus doces para levar, atravesse a rua e se delicie sentado nos bancos do Jardim de Belém. Não parece um mau final para um dia de passeio, pois não?!

Há muito mais para ver e fazer na área, incluindo uma oferta cultural incomparável, que apresenta algumas das melhores exposições da cidade, além de uma combinação sem igual de edifícios tradicionais e construções modernas (como o incrível MAAT, por exemplo).

Fiquem atentos, pois temos muito mais para vos contar sobre a incrível zona de Belém!

 

Sharing is caring!